Trecho da rua Fernando de Noronha interditado a partir desta segunda-feira (27)

Rua vai receber obras de drenagem do rio Mathias

A implantação do projeto de ampliação da vasão do rio Mathias, que visa evitar enchentes na região central de Joinville, abre nesta segunda-feira (27) uma nova frente de obras, na confluência das ruas Fernando de Noronha e João Theis.

Nesse ponto será iniciada a escavação para implantação de galeria, interditando parcialmente a rua Fernando de Noronha. 

Os trabalhos serão iniciados às 8 horas, com sinalização da obra pelo Detrans e orientação aos motoristas que circulam na região.

O trânsito estará bloqueado para os veículos que entrarem na rua Fernando de Noronha vindos pela rua Otto Boehm. A rota alternativa é utilizar as ruas Expedicionário Holz e Duque de Caxias.

Nesta etapa, a programação de implantação da galeria prevê o avanço da obra pela rua Otto Boehm, desde a rua Fernando de Noronha até rua Euzébio de Queiroz. Na medida em que a galeria for implantada o trânsito será liberado.

Iniciada em outubro do ano passado no ponto em que o rio Mathias deságua no rio Cachoeira, em frente à Prefeitura, a obra contempla intervenções de drenagem pluvial nas ruas Euzébio de Queiroz, Otto Boehm, Fernando de Noronha, Jacob Eisenhuth, Visconde de Taunay, Pedro Lobo, Jacob Richlin, do Príncipe e Jerônimo Coelho. 

Fazem parte da obra também a construção de alas e comportas, muro de proteção no rio Cachoeira, galerias de condução e conduto forçado e galeria de detenção. As obras estão orçadas em R$ 45.872.405,22, com recursos da Caixa Econômica Federal.

Para evitar as cheias causadas pela combinação de chuva e maré alta do rio Cachoeira será implantado um sistema de contenção e escoamento do rio Mathias: o muro de proteção entre as ruas Princesa Isabel e Cachoeira, impedindo que as águas do rio Cachoeira retornem à bacia do rio Mathias e as comportas flap, no encontro entre os rios Mathias e Cachoeira.

Outras Fotos