Orientações de acesso ao Mirante de Joinville


O Mirante de Joinville é um atrativo turístico localizado numa área de preservação ambiental, no Morro da Boa Vista. Para que esse espaço de lazer e convivência seja aproveitado com conforto para todos os usuários é necessário que sejam seguidas algumas orientações:

Acesso

- Não é permitido o trânsito de automóveis e motocicletas até o Mirante.

- O trajeto deve ser feito a pé, de bicicleta ou através da linha exclusiva de transporte público (ônibus).

- Quem for de bicicleta deve transitar com segurança, com atenção ao tráfego de ônibus e de pedestres.

- Placas indicativas no trajeto ao Mirante orientam os visitantes.

Linha exclusiva de transporte público

- A linha exclusiva de transporte público sai do Terminal Urbano Central até o Mirante nos seguintes horários: durante a semana, com intervalos de 40 minutos, a partir das 7h40 até as 17 horas. Nos finais de semana e feriados, com intervalos de 20 minutos, a partir das 8h até as 18h40.

- O valor da passagem é o vigente no momento: R$ 3,70 antecipada e R$ 4,50 embarcada. Não é cobrada a passagem de retorno.

- Os ônibus são adaptados para o transporte de cadeirantes.

- No Morro da Boa Vista existem três pontos de coleta de passageiros: na Portaria de acesso do Morro da Boa Vista, no Parque Zoobotânico e no Mirante de Joinville.

 

Táxis
 
  - Somente é permitido o acesso ao Morro da Boa Vista do transporte por táxi convencional de segunda a sexta-feira. O veículo não pode ficar esperando o passageiro na base do mirante.Somente os táxis adaptados para cadeirantes podem esperar os passageiros no local. Esse serviço especial também é liberado nos finais de semana.

 

Acessibilidade

- Pessoas cadeirantes ou que têm limitação motora devem acessar o Mirante pelo transporte público de ônibus através da linha exclusiva ao local. Os ônibus  são adaptados e levam os cadeirantes até a base do Mirante, através de uma rampa de acesso.

- O elevador deve ser utilizado preferencialmente por pessoas com necessidades especiais e idosos.

- Há também um ponto de acesso para cadeirantes na trilha ecológica. 

- O acesso para táxis adaptados, que fazem o transporte de cadeirantes, está liberado até o Mirante.

Áudios para cegos

O Mirante de Joinville conta com o serviço de áudio descritivo com informações da paisagem e da estrutura do ponto turístico. O material serve para orientar as pessoas cegas ou que têm baixa visão.

Áudio sobre o Mirante de Joinville

Áudio sobre a Janela do Mirante

Horário

O Mirante de Joinville fica aberto diariamente, das 7 às 19 horas. 

Mirante de Joinville

O Mirante é uma estrutura em concreto armado com acabamento aparente, tendo 14,5 metros de altura da plataforma de observação em relação ao solo. Além da plataforma, o Mirante é composto por escadarias e elevador. No nível do solo existem sanitários e salas para informações turísticas, controle e segurança.

A plataforma de observação possui dois balanços, um com vista para a Baía da Babitonga (ao Leste) com aproximadamente 7,5 metros e outro (para o Oeste) voltado para o Centro da cidade com 5,5 metros. 

Todo o guarda-corpo do Mirante é de aço inox e no limite do balanço voltado para a baía. No local há uma estrutura metálica com grade vazada no piso para que as pessoas possam observar a paisagem abaixo e terem a sensação de que estão em um espaço flutuante.

O Mirante é o ponto mais elevado do Morro da Boa Vista, onde a paisagem é marcada, em primeiro plano, pela área urbana e, em segundo plano, pela Baía da Babitonga.

Nas faces Leste e Nordeste é possível avistar vários bairros, sendo os mais próximos os bairros Boa Vista, Comasa, Iririú, e os mais distantes Espinheiros, Jardim Iririú e Aventureiro, este último o mais populoso da cidade. 

Nesses bairros há pouca verticalização, mas grande concentração populacional, o relevo é plano e há uma grande faixa de mangue entre as áreas urbanas e o vasto corpo hídrico.

Na face Sul do Mirante estão os bairros centrais, que configuraram o início da formação de Joinville. Com o relevo acidentado, a urbanização aconteceu entremeada a esses morros.

A face Sudeste envolve os bairros Adhemar Garcia, Fátima, Ulysses Guimarães e, mais distante, o bairro Paranaguamirim, todos de grande concentração populacional.